- PUBLICIDADE -

Hong Kong prende cidadãos protestando contra massacre na China

Hong Kong prende cidadãos protestando contra massacre na China
- PUBLICIDADE -

O massacre da Paz Celestial ou da Praça Tiananmen ocorreu em 4 de junho de 1989.

A polícia de Hong Kong prendeu, nesta sexta-feira (4), duas pessoas por promoverem uma vigília para lembrar as vítimas do massacre da Praça da Paz Celestial, na China.

A vigília deveria ocorrer neste dia 4 de junho, no Victoria Park, exatos 32 anos após os brutais assassinatos de manifestantes pacíficos cometidos por militares do Partido Comunista Chinês (PCCh).

Nos últimos dois anos o evento vem sendo vetado pelas autoridades do território semi-autônomo.

A justificativa oficial de Hong Kong para proibir o evento é a pandemia de coronavírus, mas as proibições surgem exatamente no período em que a China aumentou seu controle sobre o território. 

Antes disso, o evento era realizado anualmente desde 1990, um ano após o massacre, e reunia milhares de pessoas na praça.

O massacre da Paz Celestial ou da Praça Tiananmen ocorreu em 4 de junho de 1989 e o número de vítimas real nunca foi conhecido, como noticiou a Renova.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -