Português  English  Español

Apoie o jornalismo independente!

Hospital da Venezuela ensina método às mães para economizar incubadoras

Hospital da Venezuela ensina método às mães para economizar incubadoras
Hospital da Venezuela ensina método às mães para economizar incubadoras
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Os hospitais da Venezuela tentam se adaptar ao cenário de calamidade experimentado pelo sistema de saúde do país.

O maior hospital maternidade da Venezuela está pedindo às mães para cuidarem de bebês prematuros sem gravidade através do contato pele a pele conhecido como “método canguru”, em vez de colocá-los em incubadoras, à medida que sofre com falta de equipamentos médicos.

Na semana passada, médicos do Hospital Concepción Palacios deram aulas para ensinar enfermeiras e mães como segurar recém-nascidos junto ao peito nu dentro de uma bolsa ou envoltos em panos.

Pesquisadores descobriram que o método canguru –que vem ganhando aceitação em países como Estados Unidos, Noruega e Finlândia — é uma maneira de reduzir a mortalidade infantil e melhorar o desenvolvimento de bebês prematuros e abaixo do peso.

Na Venezuela, cujos hospitais públicos sofrem com a falta de remédios básicos e a fuga de enfermeiras e médicos para o exterior depois de cinco anos de crise econômica, o método canguru também pode ser uma forma de diminuir o uso de recursos escassos.

Adaptado da fonte Reuters

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...