Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Hugo Chávez e Néstor Kirchner lucraram com câmbio paralelo

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Chávez e Kirchner envolvidos com corrupção

Delator diz que os dois ex-membros do Foro de São Paulo ganharam pelo menos US$ 50 milhões com esquema de corrupção que incluía venda de títulos públicos.

Os ex-presidentes da Argentina, Néstor Kirchner, e da Venezuela, Hugo Chávez, lucraram US$ 50 milhões com um esquema de corrupção envolvendo títulos públicos argentinos e compra e venda de dólares no mercado paralelo.

A revelação foi feita por Claudio Uberti, ex-chefe de uma autarquia que controla licitações públicas na Argentina que foi representante do ex-ministro do Planejamento, Julio De Vido, na Venezuela.

Uberti fez um acordo de delação premiada com o juiz Claudio Bonadio, que investiga corrupção envolvendo os Kirchners.

Segundo revelaram os jornais Clarín e La Nación, Uberti afirmou que, entre 2005 e 2006, Kirchner pediu dinheiro a Chávez.

Na época, a Venezuela vivia o auge de sua produção de petróleo e patrocinava regimes amigos na América do Sul.

 

Adaptado da fonte Estadão

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias