PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Hungria aprova pacote para estimular natalidade no país

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Anunciado em fevereiro pelo premiê da Hungria, o pacote de estímulo à natalidade foi aprovado pelo Parlamento.

O Parlamento da Hungria aprovou nesta segunda-feira (1º) um pacote legislativo para tentar conter a redução populacional que afeta o país do leste da Europa.

O objetivo do pacote é fomentar com incentivos fiscais e apoios financeiros a natalidade em um país cuja população cai a um ritmo de cerca de 20 mil pessoas por ano.

Nomeado de “Programa de ação pela defesa das famílias”, o pacote de leis, que foi anunciado em fevereiro pelo primeiro-ministro, Viktor Orbán, concede às mulheres casadas de entre 18 e 40 anos empréstimos sem juros de cerca de 31,5 mil euros.

O reembolso será suspenso por 36 meses com cada nascimento de um filho e depois do terceiro a dívida restante é anulada, informa a agência EFE.

O programa também facilitará a aquisição de automóveis familiares de sete lugares, com um apoio de 7,8 mil euros.

O governo húngaro se opõe à imigração, ao considerar que refugiados e imigrantes ilegais, sobretudo de países islâmicos, põem em perigo a cultura europeia baseada na religião cristã.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.