- PUBLICIDADE -

Hungria protesta contra 1ª universidade da China na Europa

Foto: MTI/Balogh Zoltán
- PUBLICIDADE -

Milhares protestam na Hungria contra construção de universidade chinesa.

Apoiado pelo primeiro-ministro Viktor Orbán, o projeto de construção de um campus de uma universidade da China na capital da Hungria está sendo alvo de protestos por parte da população.

No último sábado (5), pelo menos 10 mil pessoas saíram às ruas de Budapeste para protestar contra o projeto, que prevê que os húngaros arquem com grande parte dos custos da iniciativa – cerca de R$ 9 bilhões

O campus na Hungria seria uma filial da Universidade Fudan, que tem sede em Xangai

Caso o projeto seja aprovado, esta será a 1ª universidade chinesa com um campus na Europa.

A entrega do campus, que está sendo erguido numa área de 500 mil m², está prevista para ser entregue em 2024 — a construção será inteiramente a base de mão de obra e materiais chineses.

Veja também:

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -