- PUBLICIDADE -

‘Ídolo da esquerda fala como Trump’, diz deputada sobre Kamala

Kamala Harris renuncia a cargo no Senado nos EUA
- PUBLICIDADE -

“Será acusada de 'soberanismo' e talvez um pouco de racismo”, diz Salvino sobre Kamala.

Se vocês vierem para nossa fronteira, serão mandados de volta”, alertou a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, aos imigrantes ilegais da América Latina.

A declaração de Kamala repercutiu entre políticos direitistas da Itália, que defendem um endurecimento das políticas migratórias do país europeu.

O ex-ministro do Interior e senador, Matteo Salvini, celebrou:

“Assim a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, defende justamente as próprias fronteiras. Será acusada de ‘soberanismo’ e talvez um pouco de racismo por parte de nossos ‘intelectuais’ e políticos de esquerda.” 

Salvini é líder do partido direitista Liga, o mais popular da Itália.

Já a deputada Giorgia Meloni, figura em ascensão na política italiana, disse que Harris, “ídolo da esquerda, agora fala como Trump“:

“Os Estados Unidos continuarão defendendo as próprias fronteiras e as próprias leis, até rechaçando quem tenta entrar ilegalmente. Assim como qualquer nação no mundo, a não ser a Itália, refém da esquerda imigracionista.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -