- PUBLICIDADE -

Idosa serial killer fazia doces com corpos das suas vítimas na Rússia

- PUBLICIDADE -

Órgãos foram encontrados na geladeira da assassina russa, mas ela negou ser canibal.

Sofia Zhukova, 81 anos, é uma serial killer da Rússia que ficou conhecida por fazer doces com os corpos das suas vítimas 

Sofia foi acusada de matar três pessoas de forma brutal, entre elas uma menina de 7 anos. 

Ela morreu de Covid-19 na prisão antes de seu julgamento.  

De acordo com o jornal “The Sun”, Zhukova foi levada ao hospital para tratamento ao contrair a doença e morreu no dia 29 de dezembro de 2020. 

A notícia, no entanto, só foi divulgada agora. 

PASSADO DE CRIMES 

A polícia russa também investigava se outros quatro assassinatos estariam ligados a Sofia. 

Durante o julgamento, foram exibidos vídeos nos quais Zhukova usava um machado para mostrar a detetives como matou uma de suas vítimas. 

Órgãos de um zelador, Vasily Shlyakhtich, teriam sido encontrados na geladeira da mulher, mas ela negou ser canibal. 

“Eu matei o zelador, mas ele me estuprou. O que você acha que eu deveria ter feito? Piquei ele com um machado”, disse Sofia em seu depoimento. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -