PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Igreja Católica condena ‘delinquentes’ na África do Sul

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Uma verdadeira anarquia”, diz a Conferência Episcopal da África do Sul.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Diante dos saques generalizados e violência desenfreada, os bispos da África do Sul lançaram, nesta quinta-feira (15), um apelo à calma e ao diálogo.

Nos últimos dias, a violência que inflamou o país deixou pelo menos 72 mortos e provocou mais de 1,2 mil prisões. 

Na origem dos distúrbios está a prisão do ex-presidente Jacob Zuma, que foi condenado a 15 meses de prisão por desacato ao Tribunal, no âmbito de um julgamento por corrupção. Ele ainda é alvo de muitos outros processos.

Em uma nota, a Conferência Episcopal do país (SACBC) condenou “veementemente os delinquentes que estão se aproveitando desta situação.”

A organização pediu calma aos que “incitam a violência e saques para fins políticos“.

Uma verdadeira anarquia, uma espiral interminável de violência e grave derramamento de sangue”, acrescentou a organização no comunicado à imprensa.

Os bispos pedem uma reação imediata ou o cenário pode resultar “numa situação social e econômica pior do que aquela em que atualmente nos encontramos“.

Trechos do texto da principal representação da Igreja Católica na África do Sul foram divulgados pelo site Vatican News.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.