PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Igreja Católica da Bolívia pede diálogo e novas eleições

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Os protestos não cessam na Bolívia. 23 pessoas já morreram em quase um mês.

A Igreja Católica da Bolívia pediu, nesta segunda-feira (18), diálogo para encerrar a crise social que se tornou mais violenta após a renúncia de Evo Morales à presidência.

Os bispos bolivianos, em coordenação com a União Europeia e a Organização das Nações Unidas (ONU), pediram ao governo, partidos políticos e representantes da sociedade civil que iniciem um diálogo para pacificar o país.

Em uma coletiva de imprensa, o secretário-geral da Conferência Episcopal Boliviana, Aurelio Pesoa, disse que o “diálogo é a maneira apropriada de superar as diferenças entre os bolivianos”.

O bispo também considerou que “realizar eleições transparentes é a melhor maneira de superar as diferenças”, registra a agência AFP.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.