Igreja revela quase 400 casos de pedofilia na Polônia

Idiomas:

Português   English   Español
Igreja revela quase 400 casos de pedofilia na Polônia
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O balanço, inédito no episcopado polonês, foi revelado nesta quinta-feira (14), em meio aos inúmeros escândalos sexuais que abalaram a imagem da Igreja em outros países.

A Igreja Católica na Polônia reconheceu a existência de pelo menos 382 pedófilos dentro do clero entre os anos de 1990 e 2018.

Os crimes, praticados sobretudo por sacerdotes, mas também por freiras, atingiram 625 menores, sendo 345 deles com idades inferiores a 15 anos.

Os meninos constituem a maior parte das vítimas, 58,4%, contra 41,6% de meninas, informa a agência ANSA.

A divulgação do relatório acontece na sequência de uma reunião de três dias do episcopado polonês para discutir os casos de abusos e menos de um mês depois da cúpula mundial realizada pelo papa Francisco no Vaticano.

Na última quarta (13), um dos cardeais mais próximos ao papa Francisco, o australiano George Pell, foi condenado a seis anos de cadeia por abusos contra menores cometidos na década de 1990, como noticiou a RENOVA.

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...