Igrejas cristãs são alvos de perseguição em Myanmar

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

As forças militares de Myanmar destruíram 60 igrejas cristãs e, posteriormente, erguendo templos budistas em seus lugares.

A denúncia vem de uma missão dos Estados Unidos que divulgou um levantamento sobre a perseguição religiosa na região no último ano e meio.

Bob Roberts, líder da Igreja Northwood, no Texas, é conhecido por trabalhar na promoção da tolerância religiosa em todo o mundo. Ele esteve recentemente no estado de Kachin, em Myanmar.

O norte-americano esteve com várias lideranças evangélicas locais e ouviu como o exército de Myanmar está tentando acabar com todas as manifestações de fé não budistas.

O país vive uma guerra interna, com severa perseguição religiosa, mas apenas as mortes de muçulmanos rohingya vêm sendo divulgadas pela mídia.

A velha imprensa omite a perseguição contra o povo da etnia Kachin, sendo que 95% deles são cristãos.

‘Nos últimos 18 meses, foram bombardeadas 60 igrejas. Umas 20 foram reformadas e transformadas em templos budistas. É uma coisa muito grave’, afirma Roberts.

 

Com informações de Gospel Prime

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.