Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Ilicitudes passam pelo crivo de Barbalho’, diz PGR

PGR pede abertura de inquérito no STJ contra governador do Pará
COMPARTILHE

A operação deflagrada pela PF cumpre mandados de busca e apreensão na casa de Barbalho e em endereços de outros 14 investigados.

Em documento enviado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), a procuradora Lindôra Maria Araújo afirma que o governador do Pará, Helder Barbalho, está diretamente envolvido no esquema de corrupção na compra de respiradores durante a pandemia de coronavírus.

“As ilicitudes em questão passam claramente pelo crivo do governador Helder Barbalho”, diz Lindôra, que é responsável pela investigação.

A ordem de busca e apreensão assinada pelo ministro Francisco Falcão, do STJ, no inquérito¹ que investiga Barbalho por corrupção, também determina o bloqueio de bens do governador e outros sete investigados.

De acordo com indícios² levantados pela Procuradoria-Geral da República, Barbalho tem relação próxima com o empresário responsável pela concretização do negócio. 

As suspeitas mostram, ainda, que o governador sabia da divergência dos produtos comprados e da carga de ventiladores pulmonares inadequados para o tratamento da Covid-19 que foi entregue ao estado.

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE