Português   English   Español
Português   English   Español

Imã anti-Israel faz oração de abertura em sessão na Câmara dos EUA

Imã anti-Israel faz oração de abertura em sessão na Câmara dos EUA
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um imã que já desejou o fim de Israel, convocou uma terceira Intifada e comparou o Estado Judeu com a Alemanha Nazista, fez as preces na abertura de uma sessão da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos na última quinta-feira (9).

Omar Suleiman, fundador e presidente do Instituto Yaqeen, uma organização de Dallas que se descreve como uma fonte sobre o Islã, referiu-se aos recentes ataques a locais de culto em seus comentários iniciais.

Em uma curta oração depois de ser introduzido pela deputada democrata Nancy Pelosi, Suleiman declarou:

“Não sejamos dissuadidos pelo ódio que ceifou a vida de adoradores inocentes em todo o mundo, mas encorajados pelo amor que os reuniu para lembrar de você e nos reunimos para lembrá-los.”

Apesar das palavras bonitas, Suleiman tem um longo histórico de declarações incendiárias nas redes sociais sobre Israel. As ofensas foram compiladas há dois anos por Petra Marquardt-Bigman, uma pesquisadora, e postadas no site de notícias judaicas Algeimeiner.

Em múltiplas ocasiões, Suleiman desejou que uma terceira Intifada Palestina, comparou as tropas israelenses aos nazistas, e desejou o fim do sionismo, chamando os sionistas de “inimigos de Deus”.

A congressista de Suleiman, deputada Eddie Bernice Johnson, do Texas, convidou-o para fazer as preces através de um formulário padrão na página do Gabinete do Capelão da Câmara, informa o site JTA.

O deputado Lee Zeldin, republicano de Nova York, que é judeu, disse em um comunicado que convidar Suleiman a fazer a oração de abertura foi um “terrível convite”.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...