Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Imagens de Macron são queimadas na capital de Bangladesh

Milhares de muçulmanos participaram, nesta terça-feira (27), de um protesto na capital de Bangladesh para pedir o boicote de produtos da França. Os manifestantes queimaram cartazes com o rosto do presidente Emmanuel Macron. O mundo islâmico está revoltando desde que Macron defendeu a publicação de charges do profeta Maomé em defesa da liberdade de expressão. A polícia calculou que mais de 40 mil pessoas participaram do ato organizada pelo Partido Islamita. A movimentação dos milhares de manifestantes foi interrompida antes de aproximação da embaixada francesa em Dacca. Centenas de policiais estabeleceram barreiras com arame farpado para bloquear os manifestantes, que se dispersaram sem incidentes.
COMPARTILHE

Macron é alvo de manifestações em vários países depois de criticar o extremismo islâmico.

Milhares de muçulmanos participaram, nesta terça-feira (27), de um protesto na capital de Bangladesh para pedir o boicote de produtos da França.

Os manifestantes queimaram cartazes com o rosto do presidente Emmanuel Macron.

O mundo islâmico está revoltando desde que Macron defendeu a publicação de charges do profeta Maomé em defesa da liberdade de expressão.

A polícia calculou que mais de 40 mil pessoas participaram do ato organizada pelo Partido Islamita

A movimentação dos milhares de manifestantes foi interrompida antes de aproximação da embaixada francesa em Dacca.

Centenas de policiais estabeleceram barreiras com arame farpado para bloquear os manifestantes, que se dispersaram sem nenhum incidente.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE