Imigrantes ilegais devastam parque histórico na Grécia

As autoridades da Grécia são incapazes de proteger eficazmente um histórico parque de Atenas da violência promovida por gangues de imigrantes ilegais. O local é praticamente inacessível para gregos e turistas.

Pedion tou Areos é um dos parques mais famosos de Atenas. Ele está situado perto do Museu Arqueológico Nacional e milhares de gregos, assim como turistas, costumavam passear por ele.

A situação do parque hoje em dia está horrível, de acordo com informações do jornal grego Skai.

A área passou a ser uma das regiões mais afetadas pelo tráfico de drogas na capital da Grécia. Gangues formadas por traficantes afegãos e paquistaneses atraem inúmeros viciados em drogas, entre eles moradores de rua que vivem em condições de pobreza extrema.

Após uma recente inspeção do Ministério da Saúde da Grécia, a prefeitura de Atenas descreveu o parque como uma “bomba sanitária” para moradores e turistas. Então, foi tomada uma decisão para limpar o parque uma vez por semana.

No entanto, a tarefa não é tão simples. Os serviços de limpeza não conseguiram trabalhar de forma adequada com medo de migrantes violentos. Dessa forma, a polícia passou a organizar uma vasta operação semanal para garantir que a limpeza do parque seja efetuada.

A sujeira é impressionante. Todos os tipos de resíduos podem ser encontrados jogados pelo chão. Seringas usadas, tubos de vidro quebrado, garrafas, preservativos, apenas para citar apenas alguns.

Infelizmente, poucas horas após a limpeza, o parque começa a ficar como antes, depois que as gangues de imigrantes e os viciados em drogas voltam para seu ponto predileto.

 

Matéria traduzida e adaptada de Voice of Europe
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia