Importações de carne suína pela China têm recorde em julho

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Apesar dos controles mais rígidos sobre cargas, que desaceleraram liberações em portos, a China segue importando com intensidade.

As importações de carne suína da China mais que dobraram na comparação anual em julho, para 430 mil toneladas, atingindo um volume recorde mensal.

Importadores chineses têm comprado grandes volumes da carne neste ano devido a uma escassez de oferta doméstica depois que uma epidemia de peste suína africana matou milhões de porcos.

Ainda assim, os dados divulgados na noite de domingo (23) surpreenderam, após muitas unidades de processamento no exterior terem sido forçadas a parar ou desacelerar a produção nos meses anteriores por infecções pelo coronavírus entre trabalhadores.

As importações em julho superaram as 400 mil toneladas de junho, que haviam sido até então as mais elevadas no ano, destaca a agência Reuters.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.