Português   English   Español

Imprensa pró-vida internacional celebra vitória de Bolsonaro

Jair_Bolsonaro

Sites de organizações dedicadas à luta contra o aborto, valorização da família e promoção de valores cristãos comemoraram a vitória conservadora.

Jair Bolsonaro tem tudo para ser o presidente mais pró-vida e pró-família da história do Brasil.

O ativismo pró-vida e pró-família têm laços no mundo todo e a recepção da notícia da vitória de Bolsonaro lá fora é um elemento animador, segundo informações do Sempre Família.

No exterior, quem se dedica de verdade à luta contra o aborto, à valorização da instituição familiar, à proteção da infância e à promoção de valores cristãos não engoliu a narrativa difamatória espalhada pela grande mídia internacional.

Uma amostra do que está sendo falado sobre o presidente eleito do Brasil lá fora:

LifeSiteNews (Estados Unidos)

Não, Bolsonaro não é racista, misógino, homofóbico ou fascista, ele é um patriota que está disposto a dar a vida por seu país, um país que sofreu por décadas nas mãos de uma gangue de ideólogos de esquerda que quase conseguiu na destruição do Brasil. O lema do partido de Bolsonaro é “O Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. Essa combinação de crença na soberania nacional e reconhecimento do papel apropriado de Deus deixa o ateu absolutamente aterrorizado.

Faith Wire (Estados Unidos)

Um forte conservador e ex-capitão do exército, este mês Bolsonaro se comprometeu a proteger o feto a todo custo em um acordo com o cardeal brasileiro Orani Tempesta. ‘Estamos firmando um compromisso defendendo a família, defendendo a inocência das crianças nas escolas, defendendo a liberdade religiosa, contra o aborto e a legalização das drogas’.

Actuall (Espanha)

A imensa maioria de seus eleitores não emitiu um “voto ideológico”. Não são direitistas, são cidadãos comuns cansados do lulopetismo.

São homens e mulheres indignados com o enorme mecanismo de corrupção, incomodados pelo extenso processo de cooptação de vários órgãos do Estado por um partido, fartos de uma agenda cultural agressiva que ataca a vida e sua família.

 

Deixe seu comentário

Veja também...