- PUBLICIDADE -

Índia dá lição de nacionalismo ao mundo, diz chanceler do Brasil

Índia dá lição de nacionalismo ao mundo, diz chanceler do Brasil
Imagem: Alan Santos/PR
- PUBLICIDADE -

“Apenas nações que se reconhecem como nações podem aspirar ser algo no mundo”, afirmou Araújo.

Em discurso para uma plateia de empresários brasileiros e indianos em Nova Déli, nesta segunda-feira (27), o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, celebrou o fato de a Índia não seguir “aqueles que dizem que nações deveriam renunciar a suas identidades para serem competitivas”.

Araújo disse que o país liderado pelo premiê Narendra Modi “está se modernizando sem abrir mão de suas tradições e valores, e está se construindo a partir de suas raízes e essência e não a partir dos dogmas dos que formam o mundo pós-nacionalista ou antinacionalista”.

O chanceler do Brasil acrescentou:

“É justo o oposto. Apenas nações que se reconhecem como nações podem aspirar ser algo no mundo. Essa é a lição da Índia e também a que o Brasil está tentando dar ao mundo.”

O comentário de Araújo endossa a fala do premiê indiano, no último sábado (25), em discurso à imprensa ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro.

“A parceria estratégica entre Índia e Brasil se baseia na nossa ideologia e nos valores comuns, apesar da distância geográfica”, disse Modi na ocasião, segundo o portal Terra.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -