Indígena ferido em confronto na Venezuela morre em Roraima

Idiomas:

Português   English   Español
Indígena ferido em confronto na Venezuela morre em Roraima
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Fronteira segue fechada por ordens de Maduro pelo sétimo dia. Há expectativa de reabertura da divisa nos próximos dias.


O indígena Kliver Alfredo Perez Rivero, de 24 anos, ferido durante o confronto com militares na Venezuela na semana passada, morreu na noite de quarta- feira (27) .

O venezuelano, que estava internado na UTI do Hospital Geral de Roraima (HGR), foi o primeiro ferido na repressão da ditadura de Nicolás Maduro a morrer após receber atendimento no estado.

A causa da morte foi falência múltipla de órgãos. O indígena havia sido ferido com arma de fogo no tórax, com lesões no fígado e intestino, informa o G1.

Com a morte de Rivera, o hospital de Roraima passa a atender 21 vítimas de conflitos internos na Venezuela. Uma delas permanece em estado grave.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...