- PUBLICIDADE -

Indígenas prometem bloquear BR-163 por tempo indeterminado

Imagem: Lucas Landau/Reuters
- PUBLICIDADE -

A estrada alvo de bloqueios é a principal artéria rodoviária para escoar as produções de milho e soja.

Dezenas de indígenas prometeram, nesta quinta-feira (20), manter indefinidamente o bloqueio na rodovia mais importante na Amazônia até que as autoridades enviem ajuda para combater o suposto avanço do coronavírus nas aldeias.

Membros do povo kayapó mekranoti estão alocados, desde segunda-feira (17), na BR-163, na altura do povoado de Novo Progresso, no Pará.

Agora, eles prometeram intensificar a barricada e não deixar passar nenhum caminhão, como vinham permitindo de tempos em tempos nas últimas 48 horas.

“Nós vamos ficar aqui direto, até que os representantes do governo venham aqui para falar conosco”, disse um dos líderes do protesto à agência France-Presse.

Um recurso foi rejeitado, nesta quinta-feira, e a juíza ordenou à Polícia Federal (PF) que retirasse os manifestantes caso não cumpram a decisão.

Os manifestantes do povo kayapó mekranoti alertaram que isso poderia resultar em violência.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -