PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Índio da Costa escancara apoio a Jair Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Índio da Costa, candidato do PSD ao governo do Rio de Janeiro, chegou para uma entrevista à Rádio Globo com um adesivo do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no peito.

Questionado pela jornalista, ele escancarou seu apoio ao candidato do PSL:

Eu tenho horror ao PT. Acho que o PT destruiu o Brasil, destruiu o respeito à política brasileira. Essa polarização foi criada pelo PT. Aliás, com muita ajuda da imprensa.

O segundo turno da disputa presidencial, acredita Índio da Costa, será entre Fernando Haddad e Jair Bolsonaro.

Ele explicou:

Mas se o Bolsonaro ganhar no primeiro turno, a gente evitou um mal maior em todos os sentidos, que é o PT.

E prosseguiu:

Acho que todo brasileiro de bem, que está preocupado com o Brasil e que quer que o crime não compense… Está na hora de votar no Bolsonaro.

E ainda comparou:

O crime organizado manda no crime do lado de fora da cadeia. Está aí o Fernandinho Beira-Mar mandando no Comando Vermelho. O Lula quer mandar no Brasil, de dentro da cadeira, através do Haddad, assim como o Sérgio Cabral, preso, quer mandar no Rio de Janeiro através do Eduardo Paes. Eu sou candidato contra esse pessoal, contra esse modelo.

Nacionalmente, o PSD apoia Geraldo Alckmin. Em 2010, Índio foi vice da chapa presidencial do tucano José Serra.

 

Adaptado da fonte O Antagonista
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.