Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Inflação da Argentina termina 2019 com 53,8%

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Argentina cria registro de organizações terroristas

Inflação na Argentina é uma das mais elevadas do mundo e só fica atrás da Venezuela na América Latina. 

A inflação da Argentina foi de 53,8% no ano passado, a mais alta desde 1991, segundo informações publicadas, nesta quarta-feira (15), pelo instituto de estatísticas Indec.

Este alto índice inflacionário foi alcançado após o custo de vida aumentar 3,7% em dezembro de 2019.

O setor que mais registrou elevação no último ano foi o de saúde (+72,1%), seguido de comunicação (+63,9%) e equipamentos e manutenção do lar (+63,7%).

Enquanto isso, o setor de alimentos e bebidas não alcoólicas registrou uma inflação acumulada de 56,8%, informa a agência AFP.

A inflação argentina está entre as mais altas do mundo. É a maior da América Latina, ficando atrás apenas da hiperinflação da Venezuela.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email