Inglaterra avisa França que não haverá adiamento do Brexit

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Boris apresentou na quarta-feira seu plano de Brexit, recebido com ceticismo por Bruxelas, que viu vários pontos “problemáticos”.

O premiê do Reino Unido, Boris Johnson, advertiu o presidente da França, Emmanuel Macron, que não haverá adiamento do Brexit, marcado para 31 de outubro.

Conforme informou neste domingo (6) um porta-voz de Downing Street, esta é a “última chance” de alcançar um acordo. 

Em uma conversa por telefone, Johnson disse ao mandatário da França que “a UE não deve acreditar, erroneamente, que o Reino Unido pode permanecer na UE depois de 31 de outubro”.

O primeiro-ministro reiterou que não pedirá outro adiamento do Brexit, embora uma lei recentemente aprovada pelo Parlamento britânico o obrigue a solicitá-lo se não chegar a um acordo com a União Europeia.

“O Reino Unido fez uma oferta grande e importante, mas é hora da Comissão (Europeia) mostrar vontade de se comprometer”, disse uma fonte de Downing Street, segundo o jornal Correio Braziliense.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.