Português   English   Español
Português   English   Español

Inglaterra não libera US$ 1,2 bilhão em ouro que Maduro tentou resgatar

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Inglaterra não libera US$ 1.2 bilhão em ouro que Maduro tentou resgatar

Banco da Inglaterra (BoE) não liberou US$ 1,2 bilhão em ouro para os agentes do ditador venezuelano Nicolás Maduro que tentavam repatriar a fortuna ao país.

As informações foram publicadas pelo jornal “Bloomberg” na sexta-feira (25).

A decisão do Banco da Inglaterra de negar o pedido de retirada pelas autoridades da ditadura de Nicolás Maduro ocorreu depois que altos funcionários dos Estados Unidos persuadiram os britânicos a ajudar no corte de ativos de Maduro no exterior.

O BoE se recusou a comentar sobre o manuseio de ativos da Venezuela, alegando que fornece serviços bancários para um grande número de clientes e não comenta sobre nenhum desses relacionamentos.

Nesta segunda-feira (28), em mais um movimento prejudicial para Maduro, o autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, anunciou que estava assumindo o controle dos ativos estrangeiros do governo, conforme noticiou a RENOVA.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: