- PUBLICIDADE -

Inglaterra treina cachorros para detectar coronavírus pelo faro

Inglaterra treina cachorros para detectar coronavírus pelo faro

- PUBLICIDADE -

A detecção do coronavírus poderia ser feita de forma mais rápida com o apoio dos cachorros.

Uma empresa do Reino Unido está realizando experimentos para transformar cachorros em farejadores do novo coronavírus

A Medical Detection Dogs, instituição beneficente com sede em Londres, está trabalhando em conjunto com Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres sobre o coronavírus.

Em nota, segundo o site UOL, as instituições dizem acreditar que os cães podem ser treinados para farejar a doença e dar um diagnóstico rápido e não invasivo:

“Os cães farejando a Covid-19 seriam treinados da mesma maneira que os cães já treinados pela instituição para detectar doenças como câncer, Parkinson e infecções bacterianas: farejando amostras na sala de treinamento da instituição e sinalizando caso encontrem algo. Eles também são capazes de detectar mudanças sutis na temperatura da pele, então podem dizer se alguém está com febre.”

Ainda de acordo com a nota, com o treinamento os cães também poderiam farejar a doença em quem está entrando no país e em pessoas assintomáticas, ou seja, que portam o vírus mas não apresentam sintomas.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -