Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Inquérito que apura ofensas ao STF prorrogado por 180 dias

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Inquérito que apura ofensas ao STF prorrogado por 180 dias

A decisão é do fim de junho e permite que a apuração continue até o fim deste ano.

Relator do inquérito aberto para apurar ofensas e ameaças a integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Alexandre de Moraes determinou a prorrogação das investigações por mais 180 dias.

Aberto em março por decisão do presidente da Corte, Dias Toffoli, o inquérito foi alvo de duras críticas por ter sido aberto sem participação do Ministério Público e por censurar matéria publicada pela revista Crusoé.

O inquérito foi aberto por uma portaria assinada por Toffoli com base no artigo 43 do regimento interno do STF, que trata da polícia do tribunal.

Alexandre de Moraes toca a investigação com auxílio de policiais e já autorizou operações de busca para verificar origens de ofensas aos magistrados.

A expectativa é a de que, ao final da apuração no STF, o ministro encaminhe o que foi apurado para instâncias inferiores tomarem providências, informa o site G1.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email