Intel atrasa chip e ações desabam

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Após ficar para trás na corrida dos smartphones, companhia enfrenta mais um incidente na sua recente história.

A Intel não tem muito o que celebrar nos últimos tempos. No fim de junho, a Apple confirmou que não vai mais usar os chips da companhia em seus computadores. 

A decisão da Apple pode custar até US$ 2,3 bilhões por ano aos seus cofres, de acordo com uma estimativa do analista Timothy Arcuri, do banco UBS.

Agora, a Intel assumiu de forma pública que vai atrasar o aguardado chip de 7 nanômetros

O chip estava previsto para chegar ao mercado neste fim de ano. A nova data é o fim de 2022 ou começo de 2023, destaca o site Neofeed.

No mercado financeiro, a reação não foi nada boa. 

As ações da Intel despencaram 16,24% na Nasdaq, um tombo que levou US$ 41,5 bilhões do valor de mercado da companhia, que fechou avaliada em US$ 214,2 bilhões.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.