Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Inteligência Artificial identifica quase 110 mil crateras na Lua

pesquisa revelou quase 110 mil crateras lunares, número cerca de 12 vezes maior que o cogitado até então.
COMPARTILHE

IA foi alimentada com informações coletadas por orbitadores lunares chineses.

Uma técnica de inteligência artificial revelou que a Lua tem uma quantidade muito maior de crateras em relação ao que levantamentos anteriores apontavam.  

Publicada no fim de dezembro na Nature Communications, a pesquisa revelou quase 110 mil crateras lunares, número cerca de 12 vezes maior que o cogitado até então. 

Chen Yang, professor associado de Ciências da Terra na Universidade Jilin, na China, explicou:  

“É o maior banco de dados de crateras lunares localizadas nas regiões de latitude média e baixa da Lua criado por extração automática.” 

Pontos verdes são apenas algumas das crateras descobertas na Lua. 

Yang e seu time de pesquisadores treinaram uma rede neural profunda com dados de milhares de crateras previamente detectadas e ensinaram o algoritmo a encontrar exemplares inéditos. 

As crateras lunares têm origem na colisão de asteroides com o satélite natural da Terra e variam drasticamente em tamanho e forma. 

A identificação e datação destas crateras é um verdadeiro desafio, uma vez que elas podem se sobrepor e sofrer erosão, o que dificulta a análise. 

Reino Unido também tem planos para explorar a Lua em 2021

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE