Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Internação em hospitais de campanha em São Paulo desaba

Internação em hospitais de campanha em São Paulo desaba
Imagem: FABIO MOTTA / Agência O Globo
COMPARTILHE

Os hospitais de campanha foram criados para aliviar a rede municipal durante o pico da pandemia.

Os hospitais de campanha da gestão do prefeito Bruno Covas (PSDB) operavam, nesta quinta-feira (25), com cerca de 20% de sua capacidade. 

Criadas pela prefeitura de São Paulo, as duas estruturas tem capacidade para receber 1.071 doentes, mas ontem tinham apenas 233.

Com 15 internados e espaço para 200, o hospital de campanha do Pacaembu deve ser fechado na próxima semana. A informação não foi confirmada, no entanto, pela prefeitura. 

O complexo do Anhembi, entretanto, deve continuar funcionando por mais tempo para estar à disposição em caso de possível aumento dos casos.

Os hospitais de campanha começaram a funcionar em abril e, desde então, atenderam 4.698 pacientes, dos quais 3.771 tiveram alta.

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE