Português   English   Español
Português   English   Español

Internet brasileira sai em defesa do procurador Deltan Dallagnol

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Internet brasileira sai em defesa do procurador Deltan Dallagnol

Hashtag em apoio ao procurador Dallagnol está no topo dos assuntos mais comentados do Twitter na manhã desta quarta-feira (7).

A internet brasileira saiu em defesa do procurador da República, Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba, após divulgação de novas reportagens com base em mensagens roubadas dos celulares de centenas de autoridades do Brasil.

Ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, Dallagnol é o principal alvo da ofensiva lançada pelo site panfletário Intercept contra a Lava Jato.

De acordo com uma reportagem da edição brasileira do jornal espanhol El País, publicada nesta terça-feira (6), Dallagnol teria abusado de poder ao investigar pessoas com foro privilegiado, inclusive o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

Através de uma nota oficial, a Lava Jato negou que procuradores da ava Jato tenham investigado pessoas com foro privilegiado.

“Não surgiu nas investigações nenhum indício de que cartões da conta de Paulo Vieira de Souza tenham sido emitidos em favor de qualquer autoridade sujeita a foro por prerrogativa de função. Qualquer ilação nesse sentido, por parte de quem for, seria mera especulação”, argumentou o MPF, como noticiou a RENOVA.

Enquanto isso, a internet brasileira saiu em defesa do procurador Dallagnol nas redes sociais. Na manhã desta quarta-feira, 7 de agosto, a tag #EuApoioDeltan é o assunto mais comentado do Twitter. Confira algumas das mensagens circulando por lá:

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: