Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Internet não quer ver Renan Calheiros na Presidência do Senado

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Internet não quer ver Renan Calheiros na Presidência do Senado
COMPARTILHE

Até o momento, há pelo menos oito candidatos a presidente do Senado, mas boa parte deve desistir até o dia da eleição. Renan Calheiros segue firme no seu propósito de comandar a Casa mais uma vez.

A principal estratégia para impedir a vitória de Renan Calheiros (MDB-AL) é tentar garantir que amanhã, dia 1º de fevereiro, a eleição do presidente do Senado seja aberta, o que dificultaria os planos do senador do MDB.

Enquanto adversários da candidatura de Calheiros à presidência do Senado tentam colher 41 assinaturas a favor de votação aberta para escolha da nova Mesa Diretora da Casa, os internautas brasileiros se movimentam contra o emedebista.

A hashtag #RenanNever alcançou o topo dos assuntos mais comentados do Twitter brasileiro na manhã desta quinta-feira (31), véspera da eleição que definirá o comando do Congresso brasileiro pelos próximos dois anos.

Confira alguns dos principais tuítes circulando com a tag #RenanNever:

Apesar de não ter utilizado a hashtag #RenaNever, a jurista e deputada estadual eleita Janaina Paschoal (PSL-SP) alertou, nesta quinta-feira (30), membros da bancada governista que a eleição de Renan Calheiros para a Presidência do Senado seria desastrosa para o governo do presidente Jair Bolsonaro.

“Os apoiadores do novo governo vão se arrepender AMARGAMENTE de votar em Maia e em Renan! O arrependimento virá rápido!”, disse Janaina, conforme noticiou a RENOVA.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram