Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Investidor global vê Brasil liderando recuperação dos emergentes em 2019

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Investidor global vê Brasil liderando recuperação dos emergentes em 2019

Os mercados emergentes vão se recuperar em 2019, puxados pelos ativos brasileiros. A conclusão é da pesquisa da Bloomberg com 30 investidores, operadores e estrategistas.

Títulos, ações e moedas de países em desenvolvimento chegaram a um piso e tendem a superar os ativos de nações desenvolvidas em 2019, de acordo com a sondagem.

O Brasil foi favorito nas três classes de ativos. A Indonésia também se destacou. A caminho da recessão, a Turquia ficou em último lugar em duas categorias.

Um fator importante para a expectativa de melhora em 2019 é a postura menos agressiva do banco central americano (Federal Reserve), que reduziu projeções para juros e crescimento econômico após ter subido a taxa básica na quarta-feira. Essa postura oferece alívio a países em desenvolvimento, que aumentaram as captações em dólares nos últimos anos.

Uma estabilização da desaceleração econômica na China e o arrefecimento da guerra comercial também ajudariam os mercados emergentes após o pior desempenho desde 2015, quando a grande preocupação era um pouso forçado da economia chinesa.

A maioria dos participantes da pesquisa realizada entre 5 e 17 de dezembro espera valorização para as três classes de ativos em 2019. A maioria também prevê que os ativos de países em desenvolvimento terão desempenho superior ao dos países avançados.

Adaptado da fonte InfoMoney

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias