Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Irã acusa Macron de ‘alimentar extremismo’ contra o Islã

Irã acusa Macron de ‘alimentar extremismo’ contra o Islã
COMPARTILHE

Regime islâmico acusou Macron de “insultar 1,9 bilhão de muçulmanos”.

Mohammad Javad Zarif, chanceler do Irã, atacou Emmanuel Macron, presidente da França, por seu discurso em defesa da liberdade de expressão após a decapitação de professor de história por um extremista islâmico nas ruas de Paris.

Ao comentar as declarações de Macron, Zarif declarou:

“Os muçulmanos são as primeiras vítimas do culto do ódio, reforçado pelos regimes coloniais e exportado por seus clientes.”

E acrescentou:

“Insultar 1,9 bilhão de muçulmanos e as suas figuras sacras pelos horrendos crimes de extremistas desse tipo significa abusar da liberdade de palavra. Isso só aumenta o extremismo.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE