Irã alega ter prendido agitadores pró-Israel em protestos no país

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Cidades do Irã estão enfrentando protestos recentes contra o regime.

O regime islâmico do Irã alegar ter capturado membros de uma célula armada que supostamente trabalhava para a agência de espionagem Mossad, de Israel.

Em entrevista à mídia local, o Ministério da Inteligência de Teerã afirmou que os supostos agitadores planejavam provocar violência durante os protestos recentes em cidades iranianas.

O grupo, que supostamente tinha acesso a um carregamento pesado de armas e munições, foi recentemente detido após entrar no Irã pela fronteira oeste.

As autoridades do regime não entraram em detalhes sobre o tamanho da unidade ou a nacionalidade dos presos, mas insistiram que os suspeitos estavam agindo em cooperação com o Mossad.

As armas estavam sendo trazidas para o Irã para serem usadas durante “distúrbios urbanos e assassinatos”, de acordo com um funcionário do ministério, informa o portal RT.

Ainda segundo o funcionário, as armas apreendidas dos supostos agentes incluíam pistolas, granadas, rifles, espingardas e munições. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.