Irã condena acusado de espionagem a favor dos EUA à morte

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Uma pessoa acusada de espionagem para os serviços de Inteligência americanos foi condenada à morte por um tribunal revolucionário”, disse o porta-voz do Irã.

O regime islâmico do Irã anunciou, nesta terça-feira (1º), que quatro pessoas acusadas por espionagem em favor da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos foram condenadas a sentenças que vão desde prisão até a pena capital.

A pessoa acusada de “espionagem para os serviços de Inteligência americanos” foi condenada à morte. Outros três foram condenados a dez anos de prisão.

O porta-voz da autoridade judicial iraniana, Gholamhossein Esmaili, não informou o nome do preso no corredor da morte, mas disse que será divulgado, se o veredicto for confirmado pelo Supremo Tribunal.

Em julho passado, o regime em Teerã anunciou que desmantelou uma rede de espionagem da CIA e prendeu 17 suspeitos. Alguns deles já foram condenados à morte.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.