Irã critica interferência dos EUA na Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
Irã critica interferência dos EUA na Venezuela
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As relações entre Irã e Venezuela são muito estreitas por causa da ferrenha oposição mútua aos Estados Unidos.

O chanceler do Irã, Mohamad Yavad Zarif, criticou neste domingo (24) a interferência dos Estados Unidos na Venezuela e reiterou o apoio do regime islâmico à ditadura de Nicolás Maduro.

O ministro do Irã rejeitou “qualquer interferência estrangeira” na Venezuela e apoiou a proposta de Maduro de manter conversas políticas com a oposição para resolver a crise.

Em reunião realizada na capital Teerã com o vice-chanceler venezuelano, Rubén Darío Molina, os países ressaltaram que ameaçar usar a força contra a Venezuela, como fizeram os EUA, é “uma medida condenada ao fracasso que viola o direito internacional e a Carta das Nações Unidas”.

Segundo a agência EFE, tanto Zarif quanto Molina condenaram “as medidas intrometidas do governo americano nos assuntos internos da Venezuela e de outros países latino-americanos”.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque