Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Irã culpa EUA e Israel por atentado contra Guarda Revolucionária

Irã culpa EUA e Israel por atentado contra Guarda Revolucionária
COMPARTILHE

O líder do regime islâmico do Irã, Hassan Rouhani, culpou nesta quinta-feira (14) Estados Unidos e Israel por ataque suicida que matou 27 membros da Guarda Revolucionária iraniana.

A Guarda Revolucionária do Irã disse na quarta-feira (13) que um terrorista suicida dirigindo um veículo carregado de explosivos atacou um ônibus militar na província de Sistão-Baluchistão.

Apesar de o grupo jihadista sunita, Jaish al Adl (Exército da Justiça), ter reivindicado a responsabilidade pelo ataque, o “presidente” do Irã afirmou:

“O crime permanecerá como uma ‘mancha’ no histórico negro dos principais apoiadores do terrorismo na Casa Branca, Tel Aviv e outros agentes regionais.”

Além de Israel, Rouhani não citou outros países aliados dos Estados Unidos na região que ele acredita serem culpados.

Segundo a agência Reuters, repetindo alertas feitos por alto comandantes militares, Rouhani disse que o Irã está determinado a levar à Justiça os responsáveis por um dos piores ataques contra a Guarda Revolucionária em anos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários