PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Irã acusa EUA, Israel e Arábia Saudita por protestos violentos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O parlamento iraniano acusou Israel, Estados Unidos e a Arábia Saudita de fomentarem distúrbios nas manifestações contra o regime islâmico do país.

A assembleia do Irã realizou uma sessão extraordinária para avaliar a situação da nação, na sequência dos protestos dos últimos dias, que levaram a violentos confrontos entre manifestantes e a polícia.

Apesar do parlamento ter reconhecido que a confiança da população se deteriorou, perante o aumento do custo de vida, da política econômica e dos casos de corrupção que foram detectados, o porta-voz do Parlamento, Naqaví Hoseiní, disse que o seu país não vai tolerar influência dos Estados Unidos, Israel e Arábia Saudita.

A Rússia também se manifestou sobre a questão, advertindo que a influência estrangeira nos assuntos internos do Irã – seu forte aliado – é “inadmissível”.

“A intervenção estrangeira que desestabiliza a situação é inadmissível”, disse um porta-voz da administração russa.

Pelo menos 13 pessoas já morreram nos confrontos entre manifestantes e forças de segurança em várias cidades iranianas.

 

Com informações de: (1)
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.