Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Irã pediu explicações ao Brasil por nota de apoio aos EUA

Irã ameaça Brasil com suspensão das importações
COMPARTILHE

Após EUA neutralizar Suleimani, o Brasil afirmou que não pode permanecer indiferente a ameaças terroristas.

O regime islâmico do Irã pediu, neste domingo (5), explicações sobre o posicionamento do Brasil acerca da neutralização do general Qassem Suleimani por um drone dos Estados Unidos.

Teerã convocou a encarregada de negócios da embaixada do Brasil no país, Maria Cristina Lopes, para reclamar da nota oficial divulgada pelo Itamaraty sobre o ataque que matou Suleimani.

A reunião foi confirmada pelo Ministério das Relações Exteriores ao jornal O Globo, mas o teor da conversa não foi revelado.

“A conversa, cujo teor é reservado e não será comentado pelo Itamaraty, transcorreu com cordialidade, dentro da usual prática diplomática”, informou o governo brasileiro..

Divulgada pelo Itamaraty na última sexta-feira (3), a nota condenou várias vezes o terrorismo e, sem citar nomes, usou linguagem diplomática para demonstrar que, para o governo Jair Bolsonaro, o general iraniano e a própria Guarda Revolucionária do Irã poderiam ser classificados como terroristas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE