Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Irã promete vingança após atentado contra Guarda Revolucionária

Irã promete vingança após atentado contra Guarda Revolucionária
COMPARTILHE

O líder do regime islâmico do Irã, Hassan Rohani, prometeu vingança contra o “grupo mercenário” que matou 27 integrantes da Guarda Revolucionária na quarta-feira (13).

O atentado na província de Sistão-Baluchistão, sudeste do Irã, teve como alvo um ônibus que transportava os militares da elite do exército iraniano. Este foi um dos ataques mais violentos contra a Guarda Revolucionária.

Em um discurso antes da viagem para Sochi, na Rússia, onde participará de uma reunião sobre a Síria, o presidente do Irã, Hassan Rohani, afirmou:

“As principais raízes do terrorismo na região são Estados Unidos, os sionistas (uma referência a Israel) e alguns países petroleiros que os financiam.”

E, segundo a agência AFP, completou:

“Faremos este grupo mercenário pagar pelo sangue derramado de nossos mártires.”

O grupo extremista Jaish al-Adl (“Exército da Justiça) reivindicou o atentado em um comunicado. A organização é formada por ex-integrantes de uma organização sunita extremista que liderou uma violenta rebelião no Sistão-Baluchistão até 2010.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários