Português   English   Español

Irã ameaça punir manifestantes com pena de morte

TEHRAN, IRAN - DECEMBER 30 : People gather to protest over high cost of living in Tehran, Iran on December 30, 2017. (Photo by Stringer/Anadolu Agency/Getty Images)

Autoridades da República Islâmica do Irã ameaçaram os manifestantes, que há dias protestam em todo o país contra o regime, dizendo que podem acusá-los de crimes castigados com pena de morte.

Presidente do Tribunal Revolucionário de Teerã disse que os detidos nos protestos serão declarados culpados por delitos como ‘atentado contra a segurança nacional’ e ‘inimizade com Deus’.

Até o momento, de acordo com as últimas informações divulgadas pelo regime, mais de mil cidadãos foram detidos pelas forças de segurança do Irã.

O presidente do Tribunal Revolucionário de Teerã, Musa Ghazanfarabadi, declarou:

A cada dia que passe e as pessoas sejam detidas, aumentará seu crime e castigo, e nós já não os consideramos manifestantes pelos seus direitos, mas pessoas que querem prejudicar o regime.

Hoje (02/01) mais cedo, o presidente norte-americano, Donald Trump, denunciou o regime “brutal e corrupto” do Irã e disse que os Estados Unidos estavam observando a situação.

 

Com informações de: (1)
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...