Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Irlanda diz que vai ‘monitorar de perto as ações ambientais’ do Brasil

Irlanda diz que vai monitorar de perto as acoes ambientais do Brasil
COMPARTILHE

Varadkar alertou que vai “monitorar” as “ações ambientais” do governo brasileiro.

Leo Varadkar, primeiro-ministro da Irlanda, criticou, nesta sexta-feira (23), o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pelos incêndios que geralmente assolam a Amazônia nesta época do ano.

Não satisfeito em ameaçar votar contra o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia se o Brasil não respeitar seus “compromissos ambientais”, Varadkar alegou falsamente que a região amazônica está sofrendo com “níveis recordes de destruição por incêndios na floresta amazônica”.

As declarações foram feitas em um comunicado divulgado na quinta-feira (22) à noite, onde a defesa das organizações não governamentais (ONGs) foi o assunto principal.

O premiê da Irlanda considerou que “os esforços do presidente Bolsonaro para culpar ONGs ambientalistas pelos incêndios são orwellianos”, utilizando estas organizações para chantagear o governo brasileiro.

Como os países do bloco europeu ainda devem dar seu aval ao texto para permitir sua entrada em vigor, um procedimento que pode levar até dois anos, Varadkar alertou que vai “monitorar” as “ações ambientais” do Brasil.

“Ao longo dos dois anos, vamos monitorar de perto as ações ambientais do Brasil”, advertiu Varadkar, segundo o jornal Estado de Minas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE