Irmão de desaparecido em Brumadinho está ‘cavando com as mãos’

Idiomas:

Português   English   Español
Irmão de desaparecido em Brumadinho está ‘cavando com as mãos’
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A família do agricultor Paulo Geovane dos Santos procuram o corpo sumido no meio do mar de lama que invadiu a cidade mineira de Brumadinho após rompimento de barragem.

Lindomar de Fátima Santos, 35 anos, busca desesperadamente por ajuda em um dos centros de apoio montados no Córrego do Feijão, palco da tragédia em Brumadinho.

Desde o dia da tragédia, na última sexta-feira (25), ele e a família procuram por seu irmão, o agricultor Paulo Geovane dos Santos.

Segundo o jornal “Metrópoles“, Lindomar declarou:

“Estamos cavando com as mãos, mas não conseguimos mais. Estamos machucados, esgotados. Desistimos de pedir ajuda ao governo. Só queremos uma máquina para tirar ele de lá.”

Quando a barragem da mineradora Vale rompeu, o agricultor Paulo, de 40 anos, dormia no sítio que divide com o pai, perto do córrego.

A última notícia que tiveram dele veio de uma mensagem enviada para a esposa, Suely de Oliveira Costa, de 38 anos. “Vou dormir. Estou te esperando”, dizia o texto.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque