Israel acusa ONU de apoiar terrorismo em Gaza

Idiomas:

Português   English   Español
Israel acusa ONU de apoiar terrorismo em Gaza
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O embaixador de Israel na ONU acusou a organização de “estar cego pelo ódio com Israel” e de apoiar um grupo “terrorista assassino”.

A forte declaração foi feita nesta quinta-feira (28) depois que uma comissão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas acusou Israel de crimes de guerra contra as manifestações na Faixa de Gaza.

A comissão das Nações Unidas declarou na quarta-feira (27) que, desde março de 2018, as forças israelenses mataram pelo menos 189 pessoas em repressão contra os protestos.

De acordo com a ONU, os atos podem constituir “crimes de guerra”.

Em um breve comunicado, o diplomata israelense Danny Danon, em referência ao grupo terrorista palestino Hamas, afirmou:

“Os países do mundo deveriam considerar sua filiação ao Conselho de Direitos Humanos, que apoia uma organização terrorista assassina.”

E, segundo a agência EFE, acrescentou:

“Este Conselho está cego pelo ódio com Israel e com as Forças de Defesa de Israel e gasta seus recursos e seu tempo em ataques políticos e a estender mentiras.”

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque