Israel bombardeia 25 posições terroristas na Palestina

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O exército de Israel anunciou que atacou 25 novas posições militares do Hamas na Faixa de Gaza nesta quarta-feira (3), em meio a informações contraditórias sobre um cessar-fogo.

Um dirigente do grupo terrorista Hamas confirmou as declarações da Jihad Islâmica sobre um acordo trégua, aparentemente com a mediação do Egito.

O ministro israelense da Inteligência, Yisrael Katz, negou a existência de tal acordo.

De acordo com informações do BOL:

Os bombardeios israelenses paralisaram a Faixa de Gaza, ao menos provisoriamente. O exército não fez nenhuma advertência de projétil lançado a partir de Gaza nas últimas horas, após uma série de disparos de morteiros na véspera.

A Faixa de Gaza, cercada por Israel, Egito e o Mediterrâneo, e as zonas fronteiriças israelenses registraram na terça-feira o confronto mais grave entre as forças do Estado hebreu e os grupos armados palestinos desde a guerra de 2014.

Israel afirmou que atingiu com sua aviação e sua artilharia dezenas de posições do Hamas, que governa o território, e da Jihad Islâmica, segunda força em Gaza.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.