PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Israel classifica novo líder do Irã como ‘extremista’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Uma figura extremista, comprometida com o avanço rápido do programa nuclear militar”, diz Israel.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O governo de Israel condenou, neste sábado (19), a eleição de Ebrahim Raisi como novo presidente do Irã.

Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores de Israel classificou Raisi como o “presidente mais extremista até agora”:

“Após o Líder Supremo efetivamente ditar ao povo iraniano quem eles deveriam escolher, menos de 50% dos cidadãos iranianos aptos a votar elegeram o seu presidente mais extremista até agora. O açougueiro de Teerã, Ebrahim Raisi, foi denunciado pela comunidade internacional pelo seu papel direto nas execuções extrajudiciais de mais de 30.000 pessoas.”

O texto ainda destacou o comprometimento de Raisi com o programa nuclear de Teerã, e alertou:

“Uma figura extremista, comprometida com o avanço rápido do programa nuclear militar, sua eleição deixa claras as verdadeiras intenções malignas do Irã, e deve causar grave preocupação à comunidade internacional.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.