Israel começa a retirar minas de local onde Jesus foi batizado

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

As autoridades israelenses começaram esta semana a retirar as minas de Qasr el Yahud, local às margens do Rio Jordão onde, segundo a tradição cristã, Jesus foi batizado e que é visitado por milhares de peregrinos anualmente.

A Autoridade Nacional de Ação de Minas de Israel (INMAA) desenvolve os trabalhos de retirada de explosivos da Guerra dos Seis Dias em parceria com a organização beneficente HALO, informou em comunicado o Ministério da Defesa.

Este é um dia muito emocionante e muito esperado“, disse Marcel Aviv, diretor de INMAA, que acrescentou que a limpeza e liberação do espaço é um projeto que dá orgulho.

Qasr el Yahud fica nas imediações do Jordão, na Cisjordânia, ocupada por Israel, e é considerado um dos lugares mais sagrados para os cristãos, embora o acesso até há pouco fosse restrito e só autorizado em algumas ocasiões e a pedido de autoridades religiosas. Nas imediações, há minas e outros explosivos, resíduos da guerra de 1967.

Por motivos de segurança, a área esteve marcada e cercada com valas desde os anos 70, e o acesso aos terrenos eclesiásticos e arredores era restrito.

O projeto irá limpar cerca de 1 milhão de metros quadrados de terreno, segundo a INMAA, criado em 2011 para a retirada de minas de diferentes zonas. Tanto as zonas privadas quanto as públicas dos complexos eclesiásticos serão limpas e quando forem consideradas seguras, em aproximadamente um ano, serão reabertas aos visitantes, garantiu o ministro.

 

Com informações de: [UOL]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.