- PUBLICIDADE -

Israel denuncia aumento de ataques antissemitas no mundo

Israel denuncia aumento de ataques antissemitas no mundo

- PUBLICIDADE -

O ministro israelense da Diáspora, Naftali Bennett, denunciou no último domingo (27) um aumento dos ataques antissemitas no mundo.

Israel tem que “ajudar milhões de judeus da diáspora que se veem confrontados cada vez mais com crimes antissemitas”, comentou o ministro Nafatli Bennett.

Recentemente, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, pediu para o antissemitismo ser controlado, “sobretudo na Europa”.

O relatório anual da pasta sobre o antissemitismo no mundo contabilizou um aumento dos casos na França e um recorde no Reino Unido.

O documento foi apresentado no último domingo (27), quando se comemorou o Dia Internacional de Comemoração em Memória das Vítimas do Holocausto, ao conselho de ministro.

De acordo com o texto, 13 judeus foram assassinados em 2018 em três ataques antissemitas, número recorde desde os atentados contra a comunidade judaica na Argentina nos anos 1990, informa o “RFI“.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -