- PUBLICIDADE -

Israel é alvo de ataques em cúpula da OMS

Israel é alvo de ataques em cúpula da OMS

ONG criticou a “cínica politização da principal agência de saúde do mundo”.

- PUBLICIDADE -

Alguns dos principais violadores dos direitos humanos no mundo condenaram Israel por supostamente prejudicar a saúde da Palestina e da Síria

Durante reunião da Organização Mundial da Saúde (OMS), na última quinta-feira (12), sobre a resposta global à pandemia do coronavírus, cerca de 30 delegações partiram para o ataque contra o governo israelense. 

De acordo com um relatório da ONG UN Watch, entre os países que criticaram Israel estão: 

  • Venezuela 
  • Irã 
  • Síria 
  • Coreia do Norte 
  • Cuba 
  • Malásia 
  • Líbano 

Todos os países acima estão envolvidos em guerra civil, conflitos políticos ou violações dos direitos humanos. 

Hillel Neuer, diretor executivo da UN Watch, lamentou a “cínica politização da principal agência de saúde do mundo às custas de se concentrar na pandemia e em outras prioridades e emergências vitais de saúde global”. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -