Português   English   Español

Israel neutraliza comandante do Hamas e mais 5 terroristas

Seis extremistas morreram neste domingo (11) durante uma operação militar de Israel contra alvos na Faixa de Gaza, entre eles um dirigente do grupo terrorista Hamas.

Um soldado israelense também morreu na troca de tiros em Gaza, de acordo com o exército de Israel.

Em comunicado, conforme noticiou a AFP, as Forças de Defesa de Israel (IDF, sigla em inglês) afirmaram:

Durante uma operação das forças especiais [israelenses] na Faixa de Gaza, houve uma troca de tiros. Um agente das FDI morreu e outro agente foi levemente ferido.

O confronto em Gaza forçou o retorno antecipado do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu da França para Israel. Ele estava participando da celebração dos 100 anos do armistício da Primeira Guerra Mundial.

O ataque secreto do exército israelense tinha como alvo Nour al Din Muhamad Salama Baraka, comandante das Brigadas do Ezedin al-Qassam, o braço armado do Hamas, que foi morto, junto com mais cinco extremistas.

Segundo informações do Estadão:

Hamas informou que o incidente no território ocorreu quando israelenses em um carro de passeio abriram fogo contra um grupo de homens armados, matando um de seus comandantes.

Membros do Hamas saíram em perseguição contra o carro, que acelerou e cruzou de volta a fronteira com Israel, informou o grupo palestino em um comunicado.

Durante a perseguição, caças israelenses dispararam mais de 40 mísseis na área, segundo testemunhas.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter